O que é o ponto de equilíbrio econômico da sua empresa e como calculá-lo?

Aprenda o que é ponto de equilíbrio econômico e como calculá-lo

Saber identificar e calcular o ponto de equilíbrio da sua empresa é importante não apenas para controlar suas vendas, mas para absorver informações que são essenciais na análise da viabilidade do empreendimento no mercado.

Quando bem acompanhado pelo gestor, o ponto de equilíbrio torna-se um relevante indicador para o controle de fluxo de caixa, visto que identifica o número mínimo de vendas necessárias a cada mês para obter lucro. Dessa forma, as informações contidas no ponto de equilíbrio podem ser utilizadas para traçar metas e estratégias — em longo e curto prazo — para a organização.

Para entender como funciona o ponto de equilíbrio, quais os tipos existentes e como fazer os cálculos, continue lendo este conteúdo.

O que é ponto de equilíbrio econômico?

Ponto de equilíbrio ou break-even point é o ponto de igualdade financeira entre as despesas e receitas totais em um mesmo período. Em outras palavras, é aquele ponto quando os produtos vendidos se igualam aos custos e despesas, mas ainda não são capazes de gerar lucro para a empresa.

Por meio do ponto de equilíbrio econômico, o gestor consegue saber de quanto deverá ser seu faturamento mínimo mensal para cobrir os custos fixos e variáveis. Esse valor determinará a quantidade de vendas que precisarão ser feitas para obter lucro.

Para ajudar a entender melhor quais são os custos e despesas calculados, veja a relação abaixo.

Custos fixos

Os custos fixos ou despesas se mantêm independentemente do volume de produção demandado. Alguns exemplos são:

  • aluguel;
  • impostos;
  • água e luz;
  • IPTU;
  • salários;
  • materiais de limpeza, cozinha e escritório.

Custos variáveis

Já os custos variáveis, são aqueles que podem variar de acordo com o volume de demanda e produção, tais como:

  • produção e mão de obra;
  • matéria-prima;
  • comissões sobre vendas;
  • multas por diversos motivos;
  • atraso na entrega do fornecedor.

Quais são as três vertentes do ponto de equilíbrio?

O ponto de equilíbrio é dividido em três vertentes: contábil, financeira e econômica. Cada uma delas é utilizada de acordo com o objetivo da empresa.

Ponto de equilíbrio econômico

O ponto de equilíbrio econômico é considerado o custo de oportunidade do dinheiro aplicado, de forma com que se tenha a visão do lucro mínimo aceitável.

Pode-se dizer que o ponto de equilíbrio econômico se dá quando a empresa compara o retorno de suas vendas com o retorno que o mercado daria com o capital investido pelo empreendedor, em relação à taxa solicitada.

Ponto de equilíbrio contábil

Este é considerado o método mais comum entre as empresas. A fórmula busca o valor mínimo que as vendas devem ter para a empresa não ficar no prejuízo.

Ponto de equilíbrio financeiro

No ponto de equilíbrio financeiro, a análise é voltada aos fatores que atingem a liquidez da empresa, ou seja, custos e despesas que provocam saídas no caixa. Assim, o indicador fica compatível com o caixa da empresa.

As despesas e receitas que são incluídas e não apresentam uma saída ou entrada de caixa são: a depreciação, amortização e a variação de câmbio.

De que forma esses pontos de equilíbrio se diferenciam?

O ponto de equilíbrio financeiro se difere do contábil em relação à exclusão dos custos fixos, como a depreciação dos ativos e outras despesas não desembolsáveis. Inclusive, nesse caso, algumas empresas incluem a depreciação como custo em seus balanços anuais.

Já no ponto de equilíbrio econômico, o custo de oportunidade é adicionado à soma, resultando em uma correção monetária junto às despesas fixas.

Por que o ponto de equilíbrio econômico é importante?

Observe que o ponto de equilíbrio é quando a receita total é igual aos custos e despesas. Portanto, um faturamento inferior a este valor significa que a sua empresa obteve um prejuízo e, baseado no caixa, não terá recursos financeiros para arcar com as contas mensais.

Para que isso não aconteça, é necessário um bom planejamento e gestão financeira. Daí vem a importância de acompanhar e controlar o fluxo de caixa, a fim de desenvolver estratégias para aumentar a margem de lucro das vendas, seja por meio da redução de custos ou pelo aumento de vendas.

Como calcular o ponto de equilíbrio econômico?

O cálculo do ponto de equilíbrio econômico serve para indicar uma receita que cubra os custos e despesas fixas e, ainda, que garanta o lucro mínimo desejado. A fórmula é:

PEE = (custos e despesas fixas + lucro mínimo desejado) ÷ margem de contribuição

Veja um exemplo para realização do cálculo:

  • Custos e despesas fixas: R$ 6.000,00
  • Lucro mínimo desejado: R$ 10.000,00
  • Margem de contribuição: R$ 15 por unidade (ou 30%)

Sendo assim:

PEE = (R$ 6.000,00 + R$ 10.000,00) ÷ 0,3

PEE = R$ 53.333 (ou 1.066 unidades)

Ou seja, a empresa precisa vender 1.066 unidades ao mês para cobrir o retorno que o mercado daria ao capital investido, de acordo com a taxa solicitada.

Viu como é simples calcular o ponto de equilíbrio econômico? Para entender mais sobre como anda o lucro da sua empresa, acesse nosso conteúdo sobre como calcular a porcentagem de lucro!

Sistema online

TagPlus é o sistema ideal
para a gestão da sua loja!

Controle seu estoque, financeiro, clientes,
notas fiscais, venda online e muito mais.

Imagem ilustrativa monitor com o Sistema Tagplus
Foto do perfil do autor ou autora

Escrito por

Publicitária e Ecóloga. Amante da escrita e da leitura em todas as suas formas. Na TagPlus é Analista de Marketing Junior.

Nenhum comentário

Deixe o seu Comentário

Categorias