Atenção varejistas do MS! A partir de outubro, a emissão da NFC-e se torna obrigatória.

Vários estados brasileiros já aderiram à emissão obrigatória da NFC-e aos consumidores e, agora chegou o momento do Mato Grosso do Sul aproveitar seus benefícios. A partir de 1º de outubro, os varejistas (exceto MEI) terão que emitir notas NFC-e (modelo 65) ou NF-e (modelo 55), dependendo do tipo de negócio da empresa. 

Fique atento às datas!

Os varejistas têm até 30 de setembro para realizar o credenciamento da Nota Fiscal Eletrônica (NFC-e) e enviar seus equipamentos Emissores de Cupom Fiscal (ECFs) blindados para intervenção técnica de cessação de uso, cujo interventoras estão disponíveis em uma lista no site da Sefaz, no link Automação Comercial.

São inúmeras as vantagens da emissão da NFC-e, tanto para os estabelecimentos quanto para os consumidores. A principal delas é o acesso em tempo real às informações de consumo, na base de dados do fisco.

Diante disso, as vendas se tornam mais ágeis e flexíveis, características que melhoram o atendimento e levam maior comodidade e segurança aos consumidores. Além disso, reduz consideravelmente as filas devido a distribuição de pontos de venda, e pela verificação em tempo real da validade da compra, pelo QR Code. A NFC-e pode ser enviada via e-mail, SMS e até pelas redes sociais, fato que dá maior controle ao gerenciamento das notas pessoais do cliente.

Foto do perfil do autor ou atora

Ecóloga, estudante de Publicidade e Propaganda. Na TagPlus, é Auxiliar Analista de Marketing e Publicidade, com ênfase em redação.

Nenhum comentário

Deixe o seu Comentário

Categorias