Facebook Ads e Google Ads: descubra qual é a melhor opção para impulsionar suas vendas

Facebook Ads e Google Ads são plataformas de publicidade online que permitem que os anunciantes promovam seus produtos, serviços ou conteúdos para um público-alvo específico.

Neste post vamos apresentar as particularidades de cada um deles para que você faça a melhor escolha para o seu negócio.

Mesmo que não seja você o responsável por gerir as contas de anúncio, como investidor dessas plataformas é importante entender como funcionam. Vamos lá?

O que você precisa saber antes de anunciar no Facebook Ads

O Facebook Ads, nome o qual ainda é reconhecido, é uma plataforma de publicidade da Meta, empresa que gerencia o WhatsApp, Instagram, Facebook, entre outros serviços.

Utilizando o Facebook Ads, os anúncios das empresas são segmentados com base em informações que os usuários das redes sociais da Meta fornecem enquanto utilizam essas plataformas, são eles: localização, idade, gênero, interesses pessoais, comportamentos como curtidas, tempo de tela vendo posts sobre determinado tema, cliques em anúncios de produtos semelhantes e outros critérios específicos do Facebook e do Instagram.

Os anúncios podem ser apresentados em várias áreas, como no feed de notícias e na barra lateral do Facebook, assim como no feed, Reels ou Stories do Instagram. Durante a criação do anúncio, é possível selecionar os locais específicos onde ele será exibido, podendo ser em formato de imagem com texto ou vídeo.

Como funciona o pagamento do Facebook Ads

Nessa plataforma de anúncios, a empresa pode escolher dois métodos de pagamento, o PPC, sigla para Pagamento por Clique, e o PPM, que significa Pagamento por 1.000 Impressões.

No PPC (Pagamento por Clique) os anunciantes são cobrados somente quando alguém clica no anúncio. Ou seja, você paga apenas quando o usuário interage ativamente, seja clicando no link para visitar o seu site, seguindo o seu perfil no Instagram, preenchendo um formulário etc. Essa é uma maneira eficaz de garantir que você está pagando apenas pela ação desejada do usuário.

Já no PPM (Pagamento por Mil Impressões) os anunciantes são cobrados por cada 1.000 vezes que o anúncio é exibido, independentemente de o usuário interagir com ele ou não. Ou seja, você paga uma quantia fixa pelo número de vezes que o seu anúncio é mostrado aos usuários. Essa opção pode ser útil para aumentar a visibilidade da sua marca, mesmo que não gere necessariamente cliques imediatos, já que neste caso o seu anúncio será mais exibido.

A maior vantagem de utilizar o Facebook Ads é seu baixo custo, pois você pode começar a anunciar com $1 dólar por dia, cerca de R$5 ou R$6 reais. Porém, ao mesmo tempo, a ferramenta possui um menor alcance comparado ao Google Ads.

Com base nessas informações, e analisando as duas formas apresentadas (PPC e PPM) é possível escolher como investir, de forma que se adapte aos seus objetivos de marketing e orçamento.

O que você precisa saber antes de anunciar no Google Ads

O Google Ads é a plataforma publicitária do Google, abrangendo diversos tipos de formatos, como os anúncios de pesquisa, exibidos no topo dos resultados de busca, anúncios de display, compostos por imagens ou vídeos que são exibidas em diversos sites, anúncios do shopping, destacando produtos específicos nos primeiros resultados de busca e anúncios em aplicativos.

A segmentação do anúncio é feita com base na intenção de pesquisa do usuário com a escolha das palavras-chave relacionadas ao negócio do anunciante e podem ser categorizados por localização geográfica, dispositivo, idioma, entre outros critérios.

Os anúncios na página de busca são links que direcionam para um site próprio da empresa, uma landing page ou loja em marketplace. No caso dos exibidos em sites de terceiros, é possível inserir imagens ou vídeos, nos formatos determinados pela plataforma.

Como funciona o pagamento do Google Ads

No Google Ads os pagamentos são na modalidade PPC, ou Pagamento por Clique, ou seja, o anunciante só paga caso alguém clique em seu anúncio.

A exibição é com base na negociação de palavras-chave no Google, que funciona por meio do leilão de anúncios, onde as empresas anunciantes competem pela exibição de seus anúncios quando uma palavra-chave relevante é pesquisada pelos usuários.

Aqui está um resumo de como funciona:

A palavras-chave é escolhida

Os anunciantes escolhem as palavras-chave pelas quais desejam que seus anúncios sejam exibidos. Essas palavras-chave são selecionadas com base na relevância para o negócio e no potencial de atrair clientes.

É definido o lance da palavras-chave

Os anunciantes definem um lance máximo que estão dispostos a pagar para quando alguém clica no seu anúncio após pesquisar a palavra-chave escolhida.

O Google verifica a qualidade do anúncio

Além do lance, o Google também leva em consideração a qualidade do anúncio e a experiência do usuário ao determinar quais anúncios serão exibidos e em que posição. Isso inclui a relevância do anúncio para a palavra-chave, a qualidade da página de destino e a taxa de cliques histórica do anúncio.

O anúncio é posicionado

Com base nos lances e na qualidade do anúncio, o Google determina a classificação do anúncio no leilão. Anúncios com lances mais altos e melhor qualidade têm mais chances de serem exibidos em posições mais altas nos resultados da pesquisa.

Acontece a disputa de lances

Se vários anunciantes estiverem competindo pela mesma palavra-chave, o posicionamento do anúncio será determinado pela combinação de lance e qualidade do anúncio. Assim, é possível que um anúncio com um lance mais baixo ainda apareça antes de um concorrente se tiver uma qualidade significativamente melhor.

Para saber se seu anúncio vai aparecer primeiro do que o do seu concorrente, é importante monitorar regularmente seu desempenho, verificar os valores das palavras-chave, ajustar os lances e otimizar a qualidade do anúncio para garantir a melhor posição possível nos resultados da pesquisa.

Facebook Ads vs. Google Ads

Tanto o Facebook Ads quanto o Google Ads oferecem aos anunciantes a oportunidade de alcançar um público-alvo específico e promover seus produtos ou serviços de forma eficaz na internet.

Cada plataforma tem suas próprias características e benefícios únicos, e muitos anunciantes optam por utilizar ambas para maximizar sua presença online e alcançar diferentes objetivos de marketing.

Agora vamos comparar as duas ferramentas, com o levantamento das vantagens e desvantagens, para que você descubra qual é a melhor opção para impulsionar suas vendas.

Vantagens Facebook Ads

  • Segundo a pesquisa Digital 2023 do Data Reportal, o Facebook conta com uma base de mais de 109 milhões de usuários no Brasil, enquanto o Instagram alcança mais de 113 milhões de pessoas em nosso país. O faz com que um anúncio possa ter um grande alcance;
  • a segmentação avançada de público permite alta precisão no alcance de púbico, aumentando as chances de conversão. Um anúncio bem estruturado, tem grandes chances de aparecer para as pessoas certas;
  • se você tem o interesse de tornar sua marca conhecida do público, criar uma comunidade e influenciar tendências de mercado, o Facebook e o Instagram são perfeitos para isso, pelas suas especificidades;
  • os diferentes formatos de anúncios, incluindo imagens, vídeos, carrosséis, anúncios de coleção e muito mais, ampliam o leque de possibilidades dentro da plataforma, sendo bem versáteis para atingir a atenção do público;
  • os anúncios no Facebook/Instagram permitem que os usuários interajam diretamente com as marcas por meio de curtidas, comentários, compartilhamentos e cliques, gerando maior engajamento e conexão com o público-alvo;
  • a plataforma fornece métricas detalhadas de desempenho dos anúncios, permitindo que os anunciantes acompanhem o progresso de suas campanhas e otimizem suas estratégias com base em dados concretos;
  • o Facebook Ads tem o melhor custo-benefício, pois oferece opções flexíveis de orçamento e lances, permitindo que os anunciantes controlem seus gastos e obtenham resultados significativos mesmo com investimentos relativamente baixos.

Desvantagens Facebook Ads

  • Devido à popularidade do Instagram como plataforma de publicidade, pode haver uma grande concorrência entre os anunciantes para alcançar o mesmo público-alvo, o que pode aumentar os custos e diminuir a eficácia dos anúncios;
  • o algoritmo do Instagram está em constante desenvolvimento, o que pode afetar a distribuição e o alcance dos anúncios. Mudanças repentinas nos algoritmos podem impactar negativamente o desempenho das campanhas de publicidade;
  • os usuários do Facebook podem se sentir sobrecarregados por uma grande quantidade de anúncios em seu feed de notícias, o que pode levar à fadiga e reduzir a eficácia das campanhas;
  • a Meta, empresa que faz a gestão do Instagram/Facebook enfrentou várias controvérsias relacionadas à privacidade dos usuários e ao uso de dados pessoais para fins publicitários. Isso pode afetar a confiança de quem usa a plataforma e impactar negativamente a receptividade aos anúncios;
  • como em qualquer plataforma de publicidade online, o Instagram pode estar sujeito a atividades fraudulentas, como cliques inválidos e tráfego de baixa qualidade, o que pode desperdiçar o orçamento do anunciante e diminuir a eficácia das campanhas.

Vantagens Google Ads

  • O Google Ads permite alcançar um grande número de pessoas, já que 99% da pesquisas feitas na internet no Brasil partem do buscador do Google, além de ser o mecanismo mais utilizado no mundo;
  • você pode direcionar seus anúncios para um público específico com base em interesses, localização, idioma, dispositivo e outros critérios;
  • é possível ter o controle total sobre o orçamento diário, os lances e os tipos de anúncios que deseja veicular;
  • o Google Ads fornece ferramentas poderosas de análise e acompanhamento de desempenho, permitindo que você otimize continuamente suas campanhas para obter melhores resultados;
  • você pode escolher entre diferentes formatos de anúncio, como anúncios de texto, gráficos, vídeos e anúncios responsivos, para atender às suas necessidades específicas;
  • ao contrário do marketing tradicional, os resultados das campanhas de Google Ads podem ser vistos rapidamente, ajudando a impulsionar o tráfego e as conversões em um curto período de tempo;
  • você paga apenas quando alguém clica no seu anúncio, o que significa que você pode controlar melhor o retorno do investimento (ROI) e evitar gastos desnecessários.

Desvantagens Google Ads

Embora o Google Ads tenha muitas vantagens, também há algumas desvantagens a considerar:

  • anunciar no Google Ads pode ser caro, especialmente em setores competitivos, onde os lances por clique podem ser altos. Isso pode tornar difícil para empresas menores competir com grandes players que têm orçamentos de publicidade substanciais;
  • em setores altamente competitivos, pode ser ainda mais difícil se destacar entre os concorrentes e obter uma posição privilegiada nos resultados de pesquisa pagos, mesmo com um orçamento generoso;
  • o Google Ads pode ser complexo para iniciantes. Gerenciar campanhas eficazes requer conhecimento detalhado das ferramentas, estratégias e práticas recomendadas;
  • algumas vezes, os anúncios podem receber cliques de usuários que não têm interesse genuíno no produto ou serviço anunciado. Isso pode resultar em desperdício de dinheiro em cliques que não geram conversões;
  • gerenciar campanhas eficazes no Google Ads pode consumir muito tempo e recursos, desde a criação e otimização de anúncios até o acompanhamento de métricas de desempenho e ajuste de estratégias;
  • como o Google é proprietário do Ads, qualquer mudança nas políticas, algoritmos ou recursos da plataforma pode impactar significativamente o desempenho das suas campanhas;
  • algumas categorias de negócios ou produtos podem ser restritas ou proibidas de anunciar no Google Ads devido a políticas de publicidade da plataforma.

Considerar essas desvantagens ao planejar uma estratégia de publicidade no Google Ads pode ajudar a mitigar possíveis problemas e garantir um uso mais eficaz dessa poderosa ferramenta de marketing.

Conclusão

No mundo do marketing digital, a escolha entre Facebook Ads e Google Ads pode ser crucial para impulsionar as vendas do seu negócio. Ambas as plataformas oferecem vantagens e desvantagens, e neste post, exploramos em detalhes como funcionam essas ferramentas de publicidade online.

Ao comparar o Facebook Ads e o Google Ads, você pode considerar fatores como alcance de público, segmentação, custo, complexidade e muito mais. Enquanto o Google Ads oferece um alcance amplo e intenções de busca direcionadas, o Facebook Ads permite segmentar audiências com base em interesses, comportamentos e dados demográficos detalhados.

Entender as nuances de cada plataforma é essencial para tomar uma decisão informada sobre onde investir seus recursos de publicidade. Não há uma resposta única para todos, pois cada negócio é único e pode se beneficiar de diferentes estratégias de marketing.

Esperamos que este comparativo tenha fornecido insights valiosos para ajudá-lo a escolher a melhor opção para impulsionar suas vendas.

Lembrando que associar a estratégia de anúncios pagos, com tráfego orgânico pode potencializar ainda mais os resultados.

Imagem: Freepik

Sistema online

TagPlus é o sistema ideal
para a gestão da sua loja!

Controle seu estoque, financeiro, clientes,
notas fiscais, venda online e muito mais.

Imagem ilustrativa monitor com o Sistema Tagplus
Foto do perfil do autor ou autora

Escrito por

Profissional de Comunicação, com habilitação em Relações Públicas e especialização em Marketing Digital.

Nenhum comentário

Deixe o seu Comentário

Categorias