Saiba como fazer o controle de ponto para pequenas empresas

Um bom controle de ponto para pequenas empresas é fundamental para garantir a segurança dos colaboradores e do negócio quanto ao cumprimento das leis trabalhistas. Ele pode ser feito de forma manual, mecânica ou eletrônica, e é obrigatório para empreendimentos com mais de 20 funcionários.

Se você quer saber mais sobre o assunto e entender como eleger o melhor sistema de ponto para empresas, está na hora de continuar a leitura. Neste post, você vai entender melhor o que é controle de ponto, por que ele é tão importante, o que diz a lei sobre a sua obrigatoriedade e como você pode implementar o ponto dos funcionários. Acompanhe!

O que é controle de ponto?

O controle de ponto é todo registro feito dos horários de entrada e saída de um colaborador na empresa, a partir do momento em que ele fica disponível para trabalhar. Ele é fundamental para realizar um acompanhamento da sua jornada de trabalho e entender melhor sua dinâmica de horas extras, faltas, atrasos e assim por diante.

Por que é preciso fazer o controle de ponto?

Em alguns casos, o controle de ponto é obrigatório e, por isso, não é sequer uma questão a ser discutida. Mas vale lembrar que a adoção de uma ferramenta como essa pode auxiliar a empresa em muitos sentidos. Primeiramente, porque ajuda a melhorar a gestão de pessoas e a acompanhar a performance dos colaboradores.

Além disso, o controle de ponto confere uma maior segurança judicial, uma vez que o negócio passa a ter recursos para se defender contra processos trabalhistas, por exemplo. Principalmente se o método de controle for incontestável, como ocorre nos sistemas digitais.

Ao optar por um controle de ponto eletrônico ou digital, a empresa ainda economiza tempo e recursos. Todo o processamento dos dados ocorre de maneira automática e com total rapidez.

O que diz a lei sobre o controle de ponto para pequenas empresas?

O registro e controle do ponto é uma responsabilidade conjunta da empresa e dos trabalhadores, que devem apontar diariamente seus horários de entrada e de saída da jornada de trabalho. De acordo com o artigo 74 da CLT:

“Para os estabelecimentos com mais de 20 (vinte) trabalhadores será obrigatória a anotação da hora de entrada e de saída, em registro manual, mecânico ou eletrônico […].”

Isso significa que se uma empresa, em uma determinada unidade, tiver 25 funcionários e em outra, 15, a primeira deverá adotar um registro obrigatório de ponto. A segunda, no entanto, não é obrigada e só adota se quiser, por uma questão de organização.

Vale lembrar que o pagamento de horas extras também é obrigatório. Por isso, é fundamental que todas as unidades adotem espontaneamente esse registro de entradas e saídas.

Como implementar o controle de ponto?

Não basta apenas contratar os melhores funcionários para sua empresa, é preciso garantir que eles cumpram sua jornada de trabalho com excelência e que não trabalhem nem mais, nem menos do que o necessário. Assim, a implementação do ponto vai demandar cuidados como:

  • avalie as diferentes alternativas de ponto e descubra o que oferece o melhor custo-benefício;
  • eleja um sistema de controle de ponto que agilize e facilite esse processo;
  • reformule os processos internos do RH, dispensando as etapas que o software realizará;
  • se possível, realize um teste do sistema antes de fechar o negócio;
  • treine os colaboradores para utilizar o novo sistema de controle.

Em resumo, a boa notícia é que, hoje em dia, não estamos restritos a opções como o controle de ponto manual, que demanda tempo dos colaboradores para anotar informações, e o mecânico, que necessita de cartões e máquina específica. Com um software, você otimiza esse processo na sua empresa, já que ele automatiza os registros de entrada e saída dos funcionários e, ainda, faz cálculos baseados em horas extras, faltas etc., facilitando também a folha de pagamento.

Assim, um sistema de controle de ponto elimina muitos procedimentos que antes eram realizados pelos colaboradores. Por isso, é interessante considerar que ele é uma maneira de otimizar o trabalho do RH. Com esses passos, você certamente terá um registro mais satisfatório da jornada de trabalho dos talentos.

Gostou do que viu por aqui? Agora que você já sabe como fazer o controle de ponto para pequenas empresas, aproveite e assine nossa newsletter!

Sistema online

TagPlus é o sistema ideal
para a gestão da sua loja!

Controle seu estoque, financeiro, clientes,
notas fiscais, venda online e muito mais.

Imagem ilustrativa monitor com o Sistema Tagplus
Foto do perfil do autor ou autora

Escrito por

Graduada em Comunicação, com habilitação em Relações Públicas e especialização em Marketing Digital.

Nenhum comentário

Deixe o seu Comentário

Categorias