Novos negócios: Obrigações rotineiras de uma empresa

Após passar por todo o processo do planejamento inicial para criação da empresa e, a abertura de um novo empreendimento, se inicia a verdadeira tarefa de se ter um negócio no Brasil.
Obrigações contábeis, trabalhistas, fiscais, operacionais e legais.
Nesse texto, os assuntos serão subdivididos para melhor entendimento de suas obrigações como empresa.
Vamos lá!

OBRIGAÇÕES FISCAIS

Pagamento de impostos

Em caso da sua empresa se encaixar no Simples Nacional, será necessario o pagamento do DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional – Documento que unifica o recolhimento de impostos).
Se for Lucro Real/Presumido, os documentos terão que ser pagos individualmente.

Declarações fiscais

São informações fiscais do empreendimento que são transmitidas para o Governo para apuração de impostos.
As principais obrigações são:
– Apuração da DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional);
– SPED Fiscal ICMS/IPI;
– GIAS (Guia de Informação e Apuração do ICMS);
– DCTFs (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais);
– SPED Contribuições;
– Escrituração das Notas como Tomador de Serviços;
– Escrituração Contábil e Fiscal;
– DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte).
Essas declarações devem ser feitas por especialistas devido à natureza de provável divergência entre informações se forem feitas sem atenção, podendo complicar seu negócio no futuro.

OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS

Mesmo que sua empresa não disponha de funcionários ainda, é exigido a entrega das obrigações trabalhistas, incluindo o pagamento predefinido do sócio, caso haja.
Se não for entregue, o proprietário estará sujeito à multas.

Demissão e admissão de funcionários

Realização dos exames admissionais e demissionais são fundamentais.

Pagamento de salários

É obrigação do empreendedor, o pagamento dos funcionários e seus direitos, como 13º salário e férias.

Declarações trabalhistas

Todas as declarações dadas ao governo servem para atestar a regularidade da empresa.
As principais obrigações são:
– SEFIP (Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social);
– CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados);
– RAIS (Relação Anual de Informações Sociais);
– DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte).
O DIRF é uma responsabilidade ligada à área trabalhista (funcionários) e fiscal de uma empresa. Serve também para preencher o Imposto de Renda de Pessoa Física.

OBRIGAÇÕES CONTÁBEIS (ROTINAS FINANCEIRAS)


Controle de despesas

Para o sucesso da gestão financeira de uma empresa, é extremamente relevante que as despesas estejam sob controle para que o avanço seja possível.
O mais recomendado é que seja feito no Excel ou em algum sistema que filtre as informações por datas e categorias. O interessante é acompanhar a evolução dos números para posteriormente tomar decisões baseadas em fatos.

Gestão de contas a pagar e a receber

É necessário que haja um controle efetivo para que se tenha um caixa saudável.
Se você pagar as contas com atraso, gerará juros ou ainda, terá que pagar um valor superior ao que seu caixa suporta.

Precificação de Produtos e Serviços

A definição estratégica de preços de produtos e serviços contribui para determinar sua margem de lucro e gastos mensais.

Controle de Estoque

O livro do Inventário, uma obrigação anual da empresa para com as finanças e seus impactos, pois uma mercadoria parada, significa custos de armazenamento e ausência de dinheiro sob o produto, piorando assim, a situação do seu Capital de Giro.

Esse é o último texto dos 3.

Gostou? Deixe seu comentário e/ou sua dúvida aqui!

Conheça já o TagPlus e realize seu cadastro.

Foto do perfil do autor ou atora

Ecóloga, estudante de Publicidade e Propaganda. Na TagPlus, é Auxiliar Analista de Marketing e Publicidade, com ênfase em redação.

Nenhum comentário

Deixe o seu Comentário

Categorias