Internet das coisas: O que é? Como funciona?

Quando falamos dos avanços da tecnologia, qual você pensa primeiro?

Eu penso em Internet of Things (LoT), em português significa Internet das Coisas. Esse termo surgiu em 1999, pelo pioneiro da tecnologia britânica, Kevin Ashton, que realizava pesquisas no campo da identificação por radiofrequência em rede e tecnologias de sensores. Mas só recentemente começou a fazer parte da rotina das pessoas e, vem cada vez mais, mudando a forma como enxergamos e interagimos com o mundo.

O que significa Internet das Coisas?

Internet das Coisas é a forma com que os objetos físicos estão conectados através de softwares que transmitem os dados para uma rede maior. Essa rede permite a comunicação e troca de informações dos objetos com a internet, e do objeto com o usuário. E o mais legal é que qualquer objeto pode se conectar à rede, seja geladeira, computadores, carros, câmeras, roupas, etc.
Em outras palavras, é uma revolução tecnológica que conecta objetos utilizados no dia a dia à rede mundial de computadores. O objetivo é tornar o mundo físico e digital em um só, através de aparelhos que comuniquem entre si.

Benefícios

A tecnologia veio para a vida das pessoas com o intuito principal de trazer praticidade ao dia a dia. Além disso, traz consigo conforto, aumento da produtividade e acesso a informação de forma geral, tudo para facilitar a vida dos usuários.

Aplicações do dia a dia

Câmeras de monitoramento e vigilância

Câmeras inteligentes gravam e enviam as imagens para plataformas em nuvem, o que amplia a capacidade de armazenamento, facilita a consulta de arquivos, e ainda, impossibilita a destruição desses vídeos;

Monitoramento e fluxo no varejo

Na parte de transporte, Internet das Coisas veio para otimizar e rastrear produtos até os consumidores finais. No âmbito da loja, é possível acompanhar o fluxo de vendas, a fim de identificar padrões de comportamento dentro da loja, além de melhorar a experiência de compra dos clientes;

Veículos inteligentes

Só pelo fato de conectar seu carro à internet e à aplicativos, já é considerado Internet das Coisas. Já existem maneiras de monitorar estradas, e prever se seu carro precisa de manutenções em peças específicas;

Moda

Pulseiras inteligentes conseguem medir e acessar uma série de dados corporais, como batimentos cardíacos e pressão arterial, além de armazenar essas informações para posteriores consultas com médicos;

Casas inteligentes

Residências controladas por dispositivos móveis, que tem como seus principais benefícios, a segurança e a praticidade. Imagina que incrível poder controlar sua casa toda através de seu celular?

Impactos negativos

Apesar dos inúmeros benefícios que a Internet das coisas apresenta, também traz consigo um lado negativo. As ameaças que podem vir a se concretizar, preveem o desaparecimento de empregos, por consequência da automatização, e da falta de segurança e privacidade dos usuários e seus dados conectados à rede.

Dicas para elevar seu nível de segurança

-Atualize seus sistemas, isso ajuda a proteger contra invasões e ataques de malwares;

-Crie senhas diferentes, que combinem letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres;

-Observe com atenção seus e-mails e não clique antes de ter certeza do que se trata;

-Verifique os critérios de segurança dos aparelhos que adquire.

Conclusão

A Internet das Coisas veio para revolucionar e modificar a forma como vemos e reagimos ao mundo! Muitas novidades estão por vir, até mesmo de coisas que nem imaginávamos que poderia virar realidade!

O TagPlus é um exemplo de Internet das Coisas. Trata-se de um sistema online para gestão comercial, no qual há a integração com diversos aplicativos, além da possibilidade de acessar seu perfil de mais de um dispositivo. Quer saber mais? Clique aqui e converse com um de nossos consultores.

Foto do perfil do autor ou atora

Ecóloga, estudante de Publicidade e Propaganda. Na TagPlus, é Auxiliar Analista de Marketing e Publicidade, com ênfase em redação.

Deixe o seu Comentário

Categorias