Como comprar online com segurança

As compras online são convenientes, pois você pode comprar, encontrar os melhores preços e ter seus pacotes entregues diretamente à sua porta, sem precisar sair do conforto da sua casa.

Mas obter uma ótima oferta online envolve mais do que apenas obter o menor preço. Você deve garantir que os produtos cheguem a tempo, que a qualidade seja o que você esperava, que os itens incluam uma garantia adequada e que haja uma maneira de você devolver os produtos ou obter suporte para qualquer dúvida ou problema que você tenha. Aplique estas dicas para melhorar a segurança da sua experiência de compra.

1. Sempre faça pedidos de uma conexão segura

Se o seu computador não estiver protegido com uma VPN, suas informações e senhas financeiras correm o risco de serem roubadas (e tudo o mais que você armazena no computador ou faz online). Esse conceito é tão básico, mas apenas uma fração da população global protege adequadamente seus computadores e celulares. Use uma conexão segura através de uma rede privada virtual (VPN) e verifique se o firewall do seu computador está ativado.

Se você está comprando online enquanto usa uma rede sem fio, ela precisa ser criptografada para que alguém que esteja à espreita fora de casa não possa coletar suas informações. O aplicativo VPN faz exatamente isso; criptografa toda a sua informação. Evite fazer transações financeiras ao usar uma rede pública, pois você pode não saber se está comprometida.

2. Conheça o comerciante e sua reputação

Se você já conhece a loja, fazer compras na loja online é muito seguro. Você sempre pode entrar na loja local para obter ajuda, se houver algum problema, e se conhece outras pessoas que tiveram experiências consistentemente positivas com a loja online, pode ter certeza da qualidade do site.

Se você não conhece a loja, só precisa tomar mais algumas precauções. Realize sua própria verificação de antecedentes consultando sites dedicados à revisão de lojas online. Se a loja não for revisada ou não tiver resenhas favoráveis, não faça o pedido no site deles.

3. Evite ofertas que parecem “boas demais para ser verdade”

Qualquer loja virtual que promete muito a um preço muito baixo é suspeita. Se o preço for muito baixo, considere se o comerciante procurou os itens legalmente, se você receberá os itens pelos quais pagou, se os itens são realmente a marca mostrada ou um substituto barato, se o item funcionará, se você poderá devolver mercadorias danificadas – ou se o comerciante estiver obtendo uma renda extra vendendo suas informações financeiras.

Lojas online de má reputação – como suas lojas físicas, podem oferecer uma oferta absurdamente baixa e, em seguida, alegar que o item está fora de estoque, para tentar vender outra coisa em um golpe clássico de “isca e troca”.

4. Se você estiver comprando um vale-presente, leia os Termos e Condições

Se o vale-presente for para outra pessoa, verifique se a loja é legítima, se a pessoa a usa e se não há barreiras pelas quais elas precisem passar.

5. Não use uma loja virtual que exija mais informações do que o necessário para realizar a venda.

Espere fornecer algum método de pagamento, endereço de entrega, número de telefone e endereço de e-mail, mas se o comerciante solicitar outras informações, vá embora.

Você nunca deseja fornecer a eles informações da sua conta bancária, da previdência social ou do número da carteira de motorista. Algumas empresas fazem perguntas sobre seus interesses, mas elas sempre devem ser opcionais e você deve ter cuidado ao fornecer as informações.

O comerciante revende, aluga ou compartilha suas informações? Verifique a política de privacidade do site para entender como suas informações podem ficar expostas. Muitas lojas afirmam claramente que não compartilham, vendem ou alugam informações do consumidor – outras dizem que possuem suas informações e podem usá-las (ou abusar) da maneira que escolherem. Atenha-se às empresas que respeitam sua privacidade.

6. Precisa criar uma senha para o site? – torne-a única.

Você será solicitado a criar uma conta com uma senha quando fizer uma compra. Geralmente, você pode optar por não fazer isso e, a menos que use a loja virtual com frequência, não crie uma conta. Se você deseja uma conta, use uma senha exclusiva e forte.

7. O site é seguro?

Antes de inserir qualquer informação pessoal ou de cartão de crédito em um site de compras, verifique se o endereço da Web na página começa com “https:” e não “https:” Esse pequeno número indica que o site é seguro e criptografado para proteger sua conta.

8. Use um cartão de crédito ou PayPal

Não use um cartão de débito ou cheque, pois eles não possuem as mesmas proteções de segurança, caso ocorra algum problema.

As compras com cartão de crédito limitam sua responsabilidade a não mais de 50 dólares em cobranças não autorizadas (para alguns bancos) se suas informações financeiras forem roubadas. A maioria dos cartões de débito não oferece essa proteção – e mesmo quando o fazem, você fica sem fundos nesse meio tempo.

Considere designar um cartão de crédito virtual apenas para compras e transações online. Dessa forma, se o cartão for comprometido, você poderá desligá-lo rapidamente sem afetar nenhum outro tipo de transação.

[Artigo produzido por TechWarn, em parceria com a TagPlus]

O TagPlus é o sistema de gestão online que sua empresa precisa!

O TagPlus é um sistema de gestão on-line que já ajudou mais de 60 mil empresas, de diferentes tipos de negócio, a serem mais eficientes e organizadas.

Testar Grátis
Sistema Online de Gestão Comercial, com NF-e, NFS-e, Controle Financeiro, Acompanhamento de NF-e, Sistema emissão Nota Fiscal Eletrônica.
Foto do perfil do autor ou atora

Escrito por

Ecóloga, estudante de Publicidade e Propaganda. Na TagPlus, é Auxiliar Analista de Marketing e Publicidade, com ênfase em redação.

Nenhum comentário

Deixe o seu Comentário

Categorias