Mais sobre o parcelamento do Simples

Veja como parcelar débitos no Simples Nacional nessa postagem a seguir!

Parcelamento do Simples

A Lei Complementar nº 155, de 27/10/2016, permitiu o parcelamento em 120 meses de débitos do Simples Nacional apurados até a competência de maio de 2016. Os pedidos poderão ser efetuados de 12/12/2016 a 10/03/2017.

Vídeos explicativos

Na postagem anterior disponibilizamos links da Receita que ensinam você a executar o procedimento.
Os vídeos permitem, em dois blocos, conhecer sobre os mecanismos de parcelamento e seus requisitos. Adicionalmente, trata também do parcelamento convencional do Simples Nacional, com o prazo regulamentar de 60 meses.

Como funciona o parcelamento

Os pedidos de parcelamento serão direcionados à RFB, exceto quando inscritos em dívida ativa:
a) da União, os quais serão parcelados junto à PGFN;
b) dos estados ou municípios que tenham convênio com a PGFN para inscrição do ICMS ou ISS em dívida ativa, os quais serão parcelados junto a esses entes federados.
O valor mínimo da parcela será de R$ 300,00, e as prestações serão corrigidas pela SELIC.
A ME ou EPP deverá desistir de eventual parcelamento convencional existente, e os débitos até a competência 05/2016 serão incluídos no parcelamento especial.
Excepcionalmente, a ME ou EPP poderá efetuar um 2º pedido de parcelamento convencional durante o período de adesão ao parcelamento da LC 155/2016, com vistas a incluir débitos a partir da competência 06/2016.

Observações

Ressalta-se a necessidade de manter a regularidade dos pagamentos dos débitos no Simples Nacional, como forma de evitar a exclusão do regime e ter o direito às certidões negativas de débito, necessárias às operações comerciais da microempresa ou empresa de pequeno porte.


Com essas explanações, a Receita Federal, mais uma vez, demonstra transparência e a busca permanente pela orientação adequada ao cidadão.
Conte também com o apoio de um sistema de gestão integrado para a administração adequada do seu negócio. Clique aqui e instale o TagPlus! O melhor e maior programa do país.

Foto do perfil do autor ou atora
  • Boa tarde.
    Eu fiz um MEI em 2015 e sou paguei a primeira mensalidade.
    Posso abrir um outro ou tenho que pagar estes atrasados ou simplesmente reinicio o pagamento a partir do mes em curso.
    No Aguardo
    Lucio de Jesus

Deixe o seu Comentário

Categorias

Guia grátis do Micro Empreendedor Indivídual (MEI) Guia grátis do Micro Empreendedor Indivídual (MEI) Guia grátis do Nota Fiscal Consumidor eletrônica (NFC-e) Guia grátis do Nota Fiscal Consumidor eletrônica (NFC-e)