4 fatores que influenciam no sucesso da sua loja virtual

Apenas em 2018, o e-commerce brasileiro faturou R$53,2 bilhões! Isso representou um crescimento de 12% em relação ao ano anterior, de acordo com dados do eBit/Nielsen. E a tendência é de que os números continuem positivos! Isso porque cada vez mais pessoas estão começando a comprar online.

Por isso, criar uma loja virtual é uma ótima oportunidade de negócio! Todavia, não basta colocar seu e-commerce no ar para que suas vendas comecem a aumentar. Os consumidores estão mais habituados ao ambiente online, a pesquisar produtos e a comparar o que cada loja oferece.

Portanto, se está pensando em como fazer vendas online, precisa ficar atento a alguns fatores que influenciam no sucesso do seu negócio. Abaixo listamos alguns deles e, é claro, trazemos algumas dicas para que seu e-commerce proporcione uma ótima experiência e conquiste os clientes!

1. Segurança

O primeiro fator que costuma despertar a desconfiança dos consumidores na hora de fazer compras online é a segurança. Dessa forma, seu e-commerce precisa estar preparado para proteger os dados dos compradores.

Uma forma de fazer isso é por meio do certificado SSL, indicado por um pequeno cadeado ao lado do endereço do site. Uma loja virtual com esse tipo de certificação garante que os dados inseridos ali permanecerão privados. 

A instalação do SSL no seu e-commerce vai depender da plataforma em que ele foi criado, mas você pode encontrar tutoriais específicos para cada um deles na internet. Dessa forma, você pode tornar seu site um ambiente digital seguro.

Além disso, quando compram pela primeira vez em uma loja virtual, um grande medo dos consumidores é o de pagar e não receber a mercadoria. Você pode diminuir essa insegurança por meio da prova social no seu site e nas redes sociais.

Incentive que seus clientes avaliem as mercadorias e torne essas avaliações públicas na página de cada um dos produtos. Além disso, crie uma seção com depoimentos de consumidores satisfeitos com sua marca. Assim, você incentiva os visitantes do site a se tornarem clientes também!

2. Diferenciação

Entre milhares de lojas virtuais existentes, você precisa apresentar motivos para que as pessoas decidam comprar no seu e-commerce. Para se destacar, você precisa se diferenciar. Afinal, se oferecer o mesmo produto, com o mesmo preço e o mesmo atendimento que seus concorrentes, o mais provável é que o público acabe optando por grandes varejistas.

Para que você consiga se diferenciar, seja por meio dos produtos ou dos preços, é importante que você conheça muito bem quem é seu comprador. Por isso, é importante que você crie personas, ou seja, perfis daqueles que seriam seus clientes ideais.

Para cada persona, crie como se fosse um personagem fictício. Você deve indicar sua idade, profissão, gostos, dores e hobbies. Quanto mais informações você conseguir mapear, mais assertiva será sua comunicação para atingir esse público. Consequentemente, maior será sua chance de se diferenciar conquistando uma parcela dos compradores!

3. Divulgação

Quando você pensa em como fazer vendas online, não adianta criar um e-commerce se ninguém conhecer seu site. Portanto, você vai precisar divulgá-lo.

Conhecendo seu público, fica muito mais fácil saber onde seus potenciais consumidores estão e que tipo de linguagem e formatos utilizar para que eles se identifiquem com sua marca. Dessa forma, você consegue divulgar sua loja virtual com muito mais eficiência.

Uma das grandes vantagens do marketing digital é a possibilidade de segmentar o público dos seus anúncios online. Dessa forma, eles se tornam mais baratos do que em veículos de massa e atingem pessoas com um potencial muito maior de comprar do seu e-commerce.

Isso porque, ao criar seus anúncios na internet, você pode escolher para quem eles serão exibidos a partir de informações como idade, sexo, interesses, regiões frequentadas, entre muitas outras. Dessa maneira, sua divulgação se torna muito mais efetiva!

4. Atendimento

Outro importante fator que vai determinar o sucesso do seu e-commerce é o atendimento. De acordo com um estudo realizado pela Officina Sophia Retail, 86% dos consumidores estão dispostas a pagar mais por uma boa experiência de compra. Esse número mostra como as pessoas se importam com muito mais do que apenas o preço.

O atendimento é uma forma pelas quais você consegue tornar a experiência na sua loja virtual muito melhor para os clientes. Afinal, mostrar que você está lá para ajudá-los é uma ótima forma de criar um vínculo de confiança com os consumidores.

Portanto, busque ajudar as pessoas e deixe claro quais são seus canais de atendimento. Você pode disponibilizar um e-mail de contato, chat no seu site, os chats das redes sociais e WhatsApp para que seus clientes se comuniquem com você.

É claro que você não precisa ter todas essas formas para falar com seu público, mas escolha as que fizerem sentido para sua marca e para suas personas, deixando claro quais são elas. Além disso, informe também quais são seus horários de atendimento e os prazos para respostas. Assim, as pessoas não ficam ansiosas caso demore um pouco para que recebam uma mensagem sua.

O e-commerce no Brasil vem crescendo ano após ano e ainda tem muito a se expandir com o acesso das pessoas à internet. Portanto, se você pensa em como vender online, ter sua loja virtual é uma ótima forma!

Para se dar bem como empreendedor, você precisa se empenhar e cuidar do seu negócio como se ele fosse um filho! Mas, tomando algumas precauções, como as citadas aqui, você terá um caminho de muitas vendas pela frente!

E, então, está pronto para ter uma loja virtual de sucesso?

[Artigo produzido por Nuvem Shop, em parceira com a TagPlus]

Informações da autora
Victoria Salemi é a editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de e-commerce da América Latina em lojas ativas. Formada em Jornalismo, ama escrever e tornar assuntos complicados acessíveis a todos!



Foto do perfil do autor ou atora

Ecóloga, estudante de Publicidade e Propaganda. Na TagPlus, é Auxiliar Analista de Marketing e Publicidade, com ênfase em redação.

Nenhum comentário

Deixe o seu Comentário

Categorias