BLACK FRAUDE: dificuldades encontradas e como NÃO cair em ciladas

Uma das datas mais esperadas pelo comércio online (e-commerce) e offline (pontos físicos), é a Black Friday. 

Nessa época do ano, todos somos consumidores.
É o momento que todo comerciante aproveita para vender aqueles produtos a preços que em nenhuma outra época do ano não seria possível. E do consumidor, é a chance de obter produtos desejados, a preços acessíveis.

Como pudemos perceber, o comércio online cresceu muito de alguns anos para cá, principalmente por demandas em datas comemorativas. Diante desse fato, alguns problemas se tornaram recorrentes e geram, até hoje, muita abertura de pequenas causas no PROCON. É preciso ter atenção e cuidado para não cair em ciladas e acabar tendo prejuízos desnecessários.

O maior erro dos lojistas, é não se preparar adequadamente para o período aumento de pedidos e no fim das contas, não conseguir atender à todos. As lojas virtuais são as mais afetadas, já que o sites podem sair do ar diante de tanta demanda e com isso, deixar de vender milhões de reais.

Na lista abaixo, você vai ver as principais dificuldades encontradas pelos consumidores durante toda o evento da Black Friday.

  1. Produto ou serviço não disponível;
  2. Alteração no preço ao finalizar a compra;
  3. Sites fora do ar/congestionados;
  4. Cancelamento da compra;
  5. Comprar e não receber o produto;
  6. Sites que não permite certos tipos de pagamento;
  7. Falsos descontos.

A fim de evitar esses desconfortos, algumas dicas devem ser levadas em conta, tais como:

  1. Faça uma lista dos produtos desejados e pesquise antes para ter com o que comparar. Assim, fica fácil saber se os preços ofertado na Black Friday é realmente um desconto ou se é uma farsa;
  2. Analise com atenção o valor cobrado no frete, pois às vezes, as lojas abaixam o valor do produto, mas compensam no frete. E quem sai no prejuízo é o consumidor;
  3. Expanda seus horizontes e vá em busca de lojas menores também. Os micro e pequenos comércios também participam com ótimos descontos;
  4. Observe bem antes de comprar, quais são os prazos de entrega e como funciona a política de troca;
  5. Atente-se em consumir apenas de sites oficiais das empresas. É aconselhável não clicar em ofertas vindas de e-mail ou redes sociais, pois, ao clicar nos links, existe a chance de você ser encaminhado para sites fraudulentos, idênticos aos reais, podendo roubar seus dados pessoais.

Um aprendizado valioso que tiramos, é que atenção nunca é demais!
Pesquise com antecedência, não compre na pressa, confira o site e valores ao fim da compra.

Boa vendas! Boas compras!

Foto do perfil do autor ou atora

Ecóloga, estudante de Publicidade e Propaganda. Na TagPlus, é Auxiliar Analista de Marketing e Publicidade, com ênfase em redação.

Nenhum comentário

Deixe o seu Comentário

Categorias