Série MEI – Desenquadramento automático

postado por: , em 13/02/2017

Depois de analisarmos as formas de desenquadramento e seus prazos abordaremos a questão do desenquadramento de forma automática! Veja tudo a seguir!

Situações do desenquadramento automático do MEI

Será desenquadrado automaticamente como MEI o Microempreendedor Individual que promover a alteração de dados no CNPJ que importem em:

  • Alteração para natureza jurídica distinta de empresário individual a que se refere o art. 966 da Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil);
  • Inclusão de atividade econômica não permitida pelo CGSN (ver Anexo XIII – Atividades Permitidas ao MEI – Resolução CGSN nº 94/2011);
  • Abertura de filial.
  • Observações:

  • Os efeitos do desenquadramento dar-se-ão a partir do mês posterior ao da ocorrência da situação impeditiva.
  • O contribuinte pode confirmar o desenquadramento acessando o serviço consulta de optantes disponível no portal do Simples Nacional.
  • Desenquadramento indevido

    O que fazer caso seja feito o desenquadramento e o MEI não tiver solicitado, mesmo exercendo atividades e com faturamento que permitem manter a condição de MEI?

    Caso o MEI seja desenquadrado do SIMEI sem sua solicitação espontânea, por não ter excedido o limite de faturamento ou outro motivo previsto em Lei, deverá procurar um posto de atendimento da Receita Federal do Brasil, em seu município ou região e verificar o(s) motivo(s) pelo desenquadramento de ofício.



    Trabalhe com um sistema que automatiza os processos burocráticos do MEI, e continua te dando apoio necessário em caso de desenquadramento. Conheça o TagPlus, o melhor sistema de gestão financeira do país. Clique aqui e faça o download do programa.