Quais as diferenças entre NF-e e NFS-e?

NF-E

postado por: , em 03/11/2015

Não é familiar com as diferenças entre NF-e e NFS-e?

Cada vez mais as empresas estão aderindo ao modelo eletrônico de nota fiscal, e aproveitando os seus benefícios. E para não ter dúvidas sobre os modelos de nota fiscal eletrônica, hoje vamos explicar a diferença entre NF-e e NFS-e!

Diferenças entre a NF-e e a NFS-e

Modelos de Integração

  • Na NF-e o contribuinte encaminha para a Secretaria Estadual os arquivos eletrônicos para autorização. Para todos os estados há um modelo padrão, o que facilita o processo para as empresas de desenvolvimento de software e para os contribuintes. Caso a empresa possua filiais em mais de um estado, o layout do arquivo da NF-e continua o mesmo.
  • Já na NFS-e a comunicação é feita com a Prefeitura e não há um padrão adotado por todas elas.

Layouts

  • NF-e: Abrangência maior de informações e padrão único em qualquer estado.
  • NFS-e: Layout simplificado, informações dependem do modelo da prefeitura.

Geração das notas

  • NF-e: É gerada pelo sistema do contribuinte, assinada digitalmente e transmitida para a Secretaria de Fazenda Estadual. A SEFAZ valida as informações e concede a autorização de uso.
  • NFS-e: Existe a figura do RPS (Recibo Provisório de Serviços). O sistema do contribuinte gera o RPS e transmite para a Prefeitura. A Prefeitura transforma o RPS em NFS-e e disponibiliza o arquivo XML para o contribuinte. Nesse processo, há modelos que exigem o uso da Certificação Digital (maioria) e outros que não exigem.

Tempo de processamento

  • NF-e: Resposta rápida, obtida em segundos ou minutos.
  • NFS-e: A Prefeitura pode levar até 10 dias para processar o RPS em Nota Fiscal de Serviços eletrônica.

Prazo para cancelamento da Nota

  • NF-e: O contribuinte tem até 168 horas para solicitar o cancelamento.
  • NFS-e: Depende da legislação municipal.

Transmissão das Notas e retorno

  • NF-e: O sistema do contribuinte transmite um lote de notas para a SEFAZ, que recebe e processa posteriormente. Então o sistema faz uma nova consulta no SEFAZ para obter o retorno da autorização.
  • NFS-e: Varia de acordo com o sistema adotado pelo município.

Solicitações possíveis

  • NF-e: É possível encaminhar solicitações de autorização de nota, cancelamento e inutilização.
  • NFS-e: É possível encaminhar o RPS e solicitar o cancelamento. Não há a figura da inutilização, entretanto há a possibilidade de solicitar a substituição.

Quer Saber mais?

Então fique de olho no nosso blog, para dicas como essas e muito mais! E se ficar alguma dúvida, é só utilizar nossa seção de comentários!

Ainda não possui um sistema emissor de nota fiscal? Clique aqui para experimentar por 15 dias gratuitamente o sistema de gestão da Tagplus!