Obrigatoriedade dos Boletos Registrados

postado por: , em 04/07/2017

Fique por dentro de todas as notícias e novidades fiscais com o blog da TagPlus.

Nessa postagem veremos mais sobre a obrigatoriedade dos Boletos Registrados.

O cronograma da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) de acordo com a Nova Plataforma de Boletos Registrados estabelece que a partir do dia 10 de julho de 2017 todos os boletos com valor igual ou cima de R$50.000,00 devem ser registrados. (Confira o restante das datas no final do post)

Diferença entre os Boletos Registrados e os Não Registrados:

O boleto não registrado não é taxado nem possui validade perante ao banco enquanto ele não for pago.

Já os boletos registrados os bancos recebem o controle com os dados do boleto assim que o mesmo for gerado, o cliente que gera o boleto é taxado ao gera-lo mesmo que o boleto não seja pago e o status do boleto fica pendente enquanto não houver alguma manifestação sobre. Em caso de desistência da compra do cliente final é necessário fazer uma declaração para que o boleto seja finalizado.

Pode parecer mais difícil, mas esse processo apresenta algumas vantagens como uma gestão dos pagamentos mais precisa, controle da entrega e comodidade de pagamento através do DDA(Débito Direto Autorizado), pagamento após o vencimento através da atualização do boleto ou por qualquer banco pelo DDA.

Cronograma de datas para os boletos registrados:

Igual ou acima de R$ 50.000,00 – 10/07/2017
Igual ou acima de R$ 2.000,00 – 11/09/2017
Igual ou acima de R$ 500,00 – 09/10/2017
Igual ou acima de R$ 200,00 – 13/11/2017
Todos os valores – 11/12/2017


Gostou dessa notícia? Comente a seguir!

Para mais informações sobre gestão financeira, conte com o TagPlus. O melhor software para o gerenciamento de sua empresa. Clique aqui e experimente o sistema – grátis por 15 dias.

Fonte: Febraban