Modelo de Folha de Pagamento no Excel

folha de pagamento

postado por: , em 30/06/2015

A Folha de pagamento

A Folha de Pagamento é um relatório que deve ser elaborado todos os meses pelas empresas, independente de seu porte.

Na Folha de Pagamento é apresentada as remunerações pagas aos funcionários da empresa, e nas informações dela devem constar dados dos funcionários, como desde nome completo, valor do salário, horas trabalhadas e bônus.
Uma excelente ferramenta para ser usada nesse sistema é o Excel. Este poderá desenvolver folhas de pagamentos deixando esse processo mais prático e fácil de realizar todos os meses.

No post de hoje, ensinaremos como elaborar uma folha de pagamento no Excel.

Fazer folha de pagamento no Excel

Para elaborar sua folha de pagamento no Excel, um dos modelos possíveis é seguindo estes passos:

  1. Em primeiro lugar, abra a planilha do Excel e coloque um cabeçalho para que folha de pagamento possua informações como nome da empresa e de referência dos cálculos, dentre outros dados que a planilha exige. Faça o mais simples possível, pois muitas informações poderão atrapalhar. Além de que, uma planilha bem arrumada facilita no momento da busca.
    Inicie a partir da célula A2 colocando as informações necessárias como A2 – Nome completo do empregado, B2 – remuneração bruta, C2 – Vale transporte, D2 – INSS, E2 – Total de desconto e F2 – remuneração liquida.
  2. Preencha o nome completo do empregado e a remuneração bruta nas células An e Bn, sendo que n é a linha que faz parte da tabela. Nesse momento, coloque também os devidos descontos, como por exemplo, desconto de vale transporte. Segue o exemplo:
    Com um desconto de 6% do vale transporte, deve ser retirada essa porcentagem em cima do salário bruto multiplicando a remuneração por 6%. Digite na célula C2 (vale transporte) a fórmula= B2*6% e clique em Enter para confirmar os dados
  3. Para que a planilha faça esses cálculos para todos os funcionários, basta pegar a célula que se refere ao valor do salário, por exemplo, o primeiro funcionário é B2. Mas, para os demais somente é preciso mudar a célula B5,B6,B7,B8 e sucessivamente.

Desconto INSS

4. O desconto do INSS vai depender do valor do salário bruto como, por exemplo, até R$1.174,86 o desconto é de 8%; de R$1.174,87 até R$1.958,10 o desconto é de 9%; de R$1.958,11 até R$3.916,20 o desconto é de 11%; mais de R$3.916,20 o valor é fixo em R$ 430,78.

Digite a fórmula SE na célula D2 (INSS):

=SE(B2<=1174,86;B2*8%;SE(B2<=1958,11;B10*9%;SE(B2<=3916,2;B2*11%;430,78))) e clique em ENTER.

5. Essa fórmula deve ser repetida para todos os empregados da empresa. Ressaltando que B2 é o valor do salário bruto do primeiro empregado da lista da planilha.

6. Em sequência calcule o total de todos os descontos na célula E2, pois vão ser somados os valores descontados tanto do vale transporte quanto do INSS.

7. Preencha a fórmula: = C2+D2 e clique ENTER. Faça o mesmo procedimento para os demais funcionários.

8. Agora calcule o valor salário liquido que o funcionário vai receber subtraindo o total de descontos do salário bruto por meio da fórmula = B2-E2. Resultando assim o valor a receber de todos os empregados da empresa.

O valor de desconto do INSS por faixa salarial sofre mudanças por ano, por isso, fique sempre bem informado com os cálculos do INSS.