Goiás: adesão voluntária ao sistema NFC-e

goias adera nfc-e

postado por: , em 13/06/2016

Foi anunciado a adesão ao programa da NFC-e pela Secretaria da Fazenda do estado, de forma voluntária. Acompanhe tudo a seguir:

O novo sistema

A Secretaria da Fazenda lança amanhã, dia 14, terça-feira, às 14h30, no auditório da Acieg, a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e). O documento eletrônico do consumidor, adotado pela maioria dos Estados, poderá ser utilizado por todas as empresas do comércio varejista Goiás.

Benefícios e vantagens

As principais vantagens para o empresário são a redução de custos e a desburocratização na implantação e manutenção do sistema. Para se ter uma ideia, uma rede de supermercados terá economia de R$ 60 mil a R$ 100 mil em equipamentos de informática na instalação de nova unidade em Goiânia. Além disso, o repasse à Sefaz dos dados das vendas será feito de forma automática e instantânea. O sistema será interligado ao da Nota Fiscal Goiana, o que contribuirá para resolver a maior reclamação dos consumidores inscritos no programa, que é o não aparecimento da nota fiscal em sua conta, no site da Nota Goiana(clique aqui para acessar o site).

Segurança nas compras, maior transparência e controle dos documentos são, ainda, outras vantagens para o consumidor, uma vez que a nota fiscal poderá ser consultada on-line a qualquer tempo, utilizando a chave de acesso da nota ou o código.

Como aderir

As empresas interessadas em implantar a NFC-e devem se credenciar pelo site da Sefaz, acessando o banner da Nota Fiscal Eletrônica. Um call center foi criado para tirar as dúvidas dos contribuintes. Os números são (62) 4000-1230 ou 0800 940 5505.

Conheça o TagPlus

Faça adesão ao sistema da NFC-e e trabalhe com nosso programa, que além de automatizar seus processos, se adequa à legislação vigente.

Gerencie seu financeiro com o TagPlus

Trabalhe com a NFC-e de forma facilitada. Teste o TagPlus por 15 dias

* Respeitamos sua privacidade. Seu e-mail está seguro.

Você não pagará nada se não gostar




O que achou dessa postagem? Tem acompanhado as publicações de adesão e obrigatoriedade? Ficou com alguma dúvida? Comente a seguir: