Fuja dos erros do controle de estoque

fuja erros estoque

postado por: , em 31/10/2016

O gerenciamento de estoque é um dos processos mais importantes na maior parte das empresas, especialmente aquelas que trabalham com vendas. Um controle eficiente aumenta seu capital de giro, auxilia o setor de Logística e dá suporte aos setores de Compras e Vendas da sua empresa. Além disso, monitorando bem o seu estoque você não corre o risco de ter prejuízos com mercadorias estagnadas ou deixar de ganhar dinheiro pela falta de um produto.

Que tal ficar de olho no estoque para atender bem os clientes e otimizar os lucros? Confira a seguir quais são os erros mais comuns no controle e como evitá-los.

Deixar informações incompletas

Se quem trabalha com o estoque não tem um bom conhecimento sobre o que deve ser verificado, como se dão os processos, como emitir notas fiscais e até mesmo NF-es, as informações necessárias para melhorar o gerenciamento não serão percebidas ou notificadas.

Dessa forma, o profissional responsável pela estocagem dos produtos, sejam estes as matérias primas ou os itens finais a serem vendidos, precisa ter uma visão geral do que acontece ali, tomar nota de tudo e integrar estas informações com os outros setores da empresa. Portanto, treine bem o funcionário encarregado e facilite o trabalho dele com softwares para essa tarefa.

Não fazer um planejamento de longo prazo

A ausência de planejamento em relação ao estoque gera principalmente dois problemas: falta e excesso de produtos. A falta, é muito ruim para sua empresa porque causa frustração nas expectativas do cliente, que já estava prestes a fazer uma compra, mas tem que abortar a ideia por falta de produtos em estoque. Quando isso acontece o cliente buscará o seu concorrente que, caso supra sua necessidade, pode substituir sua empresa na preferência do consumidor. O excesso de mercadorias, que representa dinheiro parado e custos de armazenamento extras, por outro lado, é causado principalmente pela presença de itens de baixo giro ou caso você faça uma estocagem com um número muito acima do necessário.

O planejamento de longo prazo deve ser feito a partir do entendimento da sazonalidade das vendas. Alguns produtos são mais vendidos em determinadas épocas do ano, outros são tendências passageiras, outros são perecíveis. Assim, quando você entende como funciona esse ciclo poderá realizar suas compras levando isso em conta. Dessa maneira, evita tanto produtos em excesso como falta de mercadoria.

Adquirir muitos produtos com baixa saída

Além de reduzir o capital de giro do seu negócio, produtos que ficam muito tempo sem serem vendidos, ainda podem ter o prazo de validade vencido e gerar um custo extra pelo armazenamento no depósito.

Este problema pode ser evitado reduzindo a compra de produtos de baixa rotatividade e, como dito no tópico acima, realizando um planejamento de longo prazo baseado na sazonalidade das vendas. Nesse sentido, é muito importante também conhecer as demandas de mercado e as necessidades do seu cliente para atender sob medida.

Possuir um controle de estoque sem integração

É primordial que o controle seja feito de modo centralizado, porém de maneira coordenada com os setores de Compras e Vendas, principalmente, havendo uma integração com as informações financeiras da empresa. Caso isso não ocorra, podem surgir erros de informação, retrabalho e até prejuízos financeiros.

Uma maneira bastante eficiente de conseguir este controle centralizado e integrado é utilizando um bom software de gerenciamento de estoque. Além de evitar o retrabalho, já que os produtos serão cadastrados apenas uma vez, um bom sistema integra diversos processos de setores diferentes. Isso, além de poupar tempo e esforço, aumenta a segurança nas informações. O controle centralizado feito por um software de gestão de estoque também acelera o processo decisório e permite a identificação rápida de falhas nos processos de trabalho, facilitando sua correção futura.

Saber gerir um estoque e usar recursos que otimizem isso, reduze os erros que levam aos riscos. Portanto, fique de olho nessas dicas, acompanhe as informações gerais do estoque e não erre no processamento das notas fiscais.

Você comete algum desses erros no controle de estoque da sua empresa? Deixe aqui suas dúvidas e comentários.