Controle de estoque: 5 dicas para tornar o seu mais eficiente

TAG PLUS

postado por: , em 20/01/2014

A gestão eficiente do estoque de sua empresa está diretamente ligada à redução de custos, aumento do lucro e satisfação dos seus clientes. O estoque representa o capital investido em seu negócio e quanto mais itens obsoletos estiverem estocados, menor o seu capital de giro, diminuindo as possibilidades de investir em outros itens rentáveis.

Você ainda precisa lembrar que há um custo operacional para manter cada item no estoque, que deve ser considerado na hora de dimensionar a quantidade de cada produto a ser comprado. Por outro lado, é necessário ter certeza que o número de produtos estocados seja suficiente para atender a demanda dos seus clientes, garantindo sua satisfação.

Tudo isso pode ser gerido com um controle de estoque eficiente. Pensando nisso, reunimos 5 importantes dicas para te ajudar a otimizar seu controle de estoques.

Liste e organize todos os produtos do estoque

O primeiro passo é ter certeza de que todos os itens do seu estoque estão computados em uma planilha ou programa. Para isso é preciso realizar um inventário geral do seu estoque, contabilizando os produtos e organizando-os por categorias, grupos e subgrupos de acordo com suas características para facilitar a visualização, contabilização e movimentação no estoque.

Padronize os itens

Todos os produtos do seu estoque devem possuir um código exclusivo. É comum encontrar produtos cadastrados duas ou mais vezes com códigos diferentes em estoques de empresas, gerando excesso de estoque e erros de apuração. É interessante que as prateleiras sejam rotuladas com descrições padronizadas dos produtos e, se possível, separadas por zonas para facilitar a identificação de eventuais erros.

Crie rotinas de movimentação

É necessário que haja um protocolo a ser seguido sempre que um produto entrar ou sair do seu estoque. Essa tarefa é importante para evitar perdas e erros de apuração. Realizar o lançamento das movimentações dos produtos é uma tarefa muito importante e deve ser feita por um profissional rigoroso, detalhista e confiável.

Junto com a entrada de cada produto é importante registrar o custo de aquisição dos artigos, e na saída do produto o período que ele ficou estocado. Assim, você poderá calcular o seu lucro, considerando as gastos que teve para manter o produto no estoque.

Controle os níveis de estoque

A administração eficiente dos níveis de estoque é um verdadeiro termômetro para as ações da sua empresa. Você precisará estabelecer rotinas de atualização das ferramentas de controle, seja planilha ou um programa. Assim, sempre que um produto for vendido ou chegar novas mercadorias, é necessário que seja imediatamente atualizado no controle do estoque disponível na sua empresa.

A gestão da demanda é extremamente importante para garantir níveis de estoque suficientes para atender de forma satisfatória aos seus consumidores e verificar a validade e aceitabilidade dos itens do seu estoque. Além disso, é necessário para evitar produtos obsoletos, que não são mais tendência ou de pouca rentabilidade. Para isso, é importante contar com fornecedores confiáveis e ficar atento aos prazos de entrega, para não deixar faltar mercadorias.

Desenvolva um processo constante de conferência

Fazer constantemente um relatório geral do seu estoque pode ser um processo oneroso e trabalhoso. É mais eficiente realizar conferências periódicas pelos próprios funcionários do almoxarifado. Essa técnica é conhecida como inventário rotativo e permite a investigação e correção dos erros e suas causas com mais agilidade. Para isso, você precisa delegar a cada um de seus funcionários a responsabilidade exclusiva por um setor específico do estoque, cabendo a ele realizar a conferência e relatar eventuais quebras na contagem dos produtos.

E você, já possui um controle de estoque eficiente? Compartilhe conosco a sua experiência.