Como melhorar o controle financeiro do MEI

controle financeiro mei

postado por: , em 19/09/2016

A área financeira é de vital para a sobrevivência de qualquer negócio, é isso não é diferente para pequena empresa.

Na verdade, se tratando de uma pequena empresa, a importância é redobrada, pelo fato que esse tipo de empresa precisa lidar e administrar vários itens como a competição do mercado, verba restrita e a busca pelo lucro para conseguir garantir a sobrevivência de um novo negócio.

Muitos empreendedores não investem o tempo necessário para organizar as finanças da sua pequena empresa, e isso é errado e tira a perspectiva de uma boa e real análise da saúde da empresa.

Para ajudar o pequeno empresário, separamos algumas dicas importantes e necessárias para conseguir ter um bom controle financeiro da pequena empresa. Vamos dar uma olhada?

Dicas para o MEI ter um melhor controle financeiro

Planejamento

Dedique tempo ao planejamento financeiro. Anote todas as entradas e saídas da empresa, organize as informações financeiras e crie rotinas.

A empresa que sabe dimensionar o capital de giro necessário no início do negócio, por exemplo, tem menos riscos de ter que recorrer a um banco por um empréstimo.

Separe as finanças pessoais das finanças empresariais

Esse é um erro mais comum do que você imagina, e é uma das principais causas da complicação no gerenciamento de finanças.

O caixa da empresa deve pagar todas as contas da empresa antes das do empresário. que também vai ajudar na hora da declaração do Imposto de Renda, uma vez que é bem mais fácil separar rendimentos de pessoa física e jurídica. O inverso também vale: evite pagar contas da empresa com o seu dinheiro, o que poderia complicar seu fluxo de caixa.

Atenção ao estoque

Estoque é dinheiro, e se o seu estoque está parado, você está perdendo dinheiro. Tenha um bom controle de estoque, conheça o seu público alvo e saiba o que sai mais fácil e o que fica encalhado, fique atento aos prazos com os fornecedores.

Obtendo capital de giro

Analise as opções disponíveis no mercado antes de recorrer a capital de terceiros. Parcerias são uma alternativa para obter capital de giro com taxas mais atrativas, por exemplo.

As melhores taxas estão no BNDES, mas existem opções interessantes nos bancos comerciais. Pesquise, anote tudo e compare para achar a melhor opção para a empresa.

Organização

Você jamais terá o controle total das suas contas a pagar se não conseguir se organizar.

É preciso conhecer todos os detalhes e ter tudo sobre controle. Fluxo de caixa, curvas de vendas de produtos, serviços contratados, etc.

Não sabe como fazer isso, e nem lidar com planilhas financeiras? O próximo item vai te ajudar!

Invista em um Software de gestão

Você pode (e deve!) adquirir um software de gestão financeira para ajudar no controle financeiro e na gestão em geral da sua pequena empresa. Um programa de gestão irá fazer os controles, emitir nota fiscal, exibir relatórios e muitas outras funções por um preço acessível fazendo com que você economize dinheiro e tempo.


Quer saber mais sobre como um software de gestão funciona? Você pode testar o TagPlus por 15 dias sem nem precisar informar forma de pagamento. Clique aqui para conferir.

Fique de olho no nosso blog para mais dicas de gestão e qualquer dúvida, utilize nossa seção de comentários, logo abaixo!