Como emitir nota fiscal eletrônica? Aprenda já!

recibo

postado por: , em 30/12/2014

A NF-e (nota fiscal eletrônica) veio para ficar. Modernizando o processo de emitir notas fiscais no Brasil, a NF-e tornou tudo mais prático, eficaz e econômico para todas as partes envolvidas. Se você quer ter essa  facilidade na sua empresa para poder desfrutar de seus ótimos benefícios mas ainda não sabe por onde começar, esse post é para você!

Como emitir nota fiscal eletrônica

Emitir NF-e na verdade é muito simples. Basicamente, você precisa de 3 coisas:

1- Adquirir um Certificado Digital
2- Fazer o credenciamento junto a Secretaria da Fazenda (SEFAZ) do seu estado
3- Adquirir o Sistema Gestor com módulo de emissão de NF-e

Vamos agora entender o passo a passo de cada um desses itens para que não haja mais dúvidas sobre como emitir nota fiscal eletrônica!

Precisa de um Certificado Digital seguro e barato? Adquira agora um CertiSign!

Adquirindo um Certificado Digital

Todo documento fiscal deve ter validade jurídica, e a validade da nota fiscal eletrônica não é diferente.
Para a NF-e ter validade junto a Secretaria da Fazenda, ela deve ser ”assinada eletrônicamente”, processo que se dá pela Assinatura Digital, que possibilita a verificação de integridade e identifica a autoria de um arquivo eletrônico, ou seja, a assinatura digital permite saber quem é o autor de um arquivo eletrônico e se o mesmo não foi modificado. Ela consiste na criação de um código, através da utilização de uma chave privada, de modo que a pessoa ou entidade que receber uma mensagem contendo este código possa verificar se o remetente é mesmo quem diz ser e identificar qualquer mensagem que possa ter sido modificada.
Quem vai permitir que o sistema consiga fazer essa assinatura digital é o Certificado Digital.
O Certificado Digital deve ser adquirido junto à Autoridade Certificadora credenciada pela Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, e deve conter o CNPJ do estabelecimento ou de sua matriz.
Na hora de escolher o Certificado Digital para emitir nota fiscal eletrônica, você terá duas opções: O certificado e-CNPJ e o centificado NF-e. Para conhecer esses certificados mais a fundo, você pode acessar nosso outro artigo através desse link, mas a diferença básica é que o e-CNPJ só pode ser usado pelo empresário e representante legal, como o dono ou sócio da empresa, enquanto o certificado NF-e pode ser usado também pelos funcionários da empresa, além dos representantes legais.

Credenciamento na Secretaria da Fazenda

Após adquirir seu Certificado Digital, é necessário que você faça o credenciamento junto à Secretaria da Fazenda do seu estado.
É interessante que você realize esta etapa junto com seu contabilista, pois ele é a pessoa qualificada para este tipo de operação e conhece a legislação local.
Outra dica é que neste início você escolha a modalidade de credenciamento como “Em homologação”, o que significa que ainda não serão enviadas notas oficialmente, e sim em modo de teste até que você receba o treinamento adequado e esteja apto a emitir a NF-e normalmente. Uma vez que se sentir pronto para tal, é só mudar a opção de credenciamento de ‘’Em Homologação’’ para “Em produção”.

Instalar um software emissor de NF-e

É necessário ainda que você instale um software para poder emitir suas notas fiscais eletrônicas. Apesar desse software ser disponibilizado gratuitamente em alguns Estados, não é uma boa opção, pela sua falta de eficácia, assistência e número de problemas, o que acaba virando o tal do ‘’barato que sai caro’’. Sendo assim, a escolha correta é um Software profissional, como o que oferecemos no nosso Sistema Gestor.
Pronto, agora você está preparado para emitir Notas Fiscais Eletrônicas!
Ainda possui alguma dúvida? É só falar com a gente, através dos comentários!