A realidade sobre a emissão da NFC-e no Paraná

nfc-e e o parana

postado por: , em 23/08/2016

O estado do Paraná já é emissor da NFC-e, porém mais de 63% dos comerciantes não estão emitindo esse documento fiscal! Leia nossa postagem e fique atento às normas de sua unidade federativa para não sofrer qualquer tipo de consequência:

Calendário de obrigatoriedade – estado do Paraná

O varejo do estado possuía um limite até dezembro de 2015 para aderir ao normativo, porém, uma exceção passou a existir na data: a Secretaria da Fazenda determinou que este período seria prorrogado por um ano; mas apenas para as empresas que já possuíssem o EFC (emissor de cupom fiscal).

Adesões ao programa

Oito meses se passaram desde o adiamento e mais da metade dos varejistas ainda não se adaptou à nova lei. Somente 37% se adaptaram ao programa da NFC-e.

Esta realidade, se não corrigida, pode trazer problemas aos negociantes. É preciso planejar a melhor forma de emissão do documento fiscal.

Nos próximos meses podemos prever um crescimento na movimentação do mercado de softwares por causa deste cenário.

Trabalhe com o TagPlus

Se você ainda não aderiu ao programa da NFC-e é fundamental que conheça um software cuja aplicação esteja apta à sua emissão.

Evite dores de cabeça, trabalhe de forma facilitada com o TagPlus:

Comece a Gerenciar sua empresa de forma facilitada

Teste a Gestão Financeira do TagPlus por 15 dias grátis

* Respeitamos sua privacidade. Seu e-mail está seguro.

Você não pagará nada se não gostar




Gostou da nossa postagem? Como tem sido sua adesão aos cumprimentos de prazos? Não deixe de ler nossas dicas em outras publicações! Em caso de dúvidas utilize o campo dos comentários.

E confie sempre no TagPlus, o melhor e maior sistema de Gestão Comercial, também para a emissão de NFC-e. Clique aqui e teste grátis por 15 dias.